Manual de Etiqueta para o meio ambiente

MANUAL DE ETIQUETA

33 DICAS DE COMO ENFRENTAR O AQUECIMENTO GLOBAL E OUTROS DESAFIOS DA ATUALIDADE

O que você precisa saber para fazer um planeta melhor.

Para começo de conversa, entenda por que é tão importante reduzir o consumo de três itens imprescindíveis nos dias de hoje.

ÁGUA: Ela até cai do céu, mas é um recurso esgotável e raro em muitos lugares do mundo. Se em apenas cinco minutos você escovar os dentes com a torneira escancarada, 12 litros de água potável serão desperdiçados.

ENERGIA ELÉTRICA: O consumo cada vez maior requer a construção de mais usinas hidrelétricas e mais florestas vão desaparecer para dar lugar a elas. Acredite: o simples gesto de desligar as luzes dos ambientes quando estiverem vazios pode ajudar a evitar mais hidrelétricas.

COMBUSTÍVEIS: A queima dos fósseis, como o diesel e a gasolina, é maior responsável pela emissão de gases de aquecimento global. Segundo o urbanista e ex-prefeito de Curitiba Jaime Lerner, “nas grandes cidades são produzidos 75% de todo o CO2 jogado na atmosfera”. Pense nisso antes de entrar no carro só para ir à padaria da esquina.

1º NA HORA de comprar um carro, faça um cálculo simples de qual o tamanho ideal para suas necessidades. Veículos maiores consomem e poluem mais. Modelos do tipo flex estão adequados às normas de proteção ao meio ambiente. Lembre-se prefira abastecer com etanol.

2º CARRO REQUER manutenção não tem jeito. Faça uma regulagem periódica, sempre que possível Troque o óleo nos prazo indicados pelo fabricante, verifique filtros de óleo e de ar. Todas essas medidas economizam combustíveis e ajudam a despejar menos CO no ar.

3º CARRO NÂO é o meio de transporte ecologicamente mais correto. Use-o com moderação, em especial se tiver em enorme 4X4 a diesel. Ande mais em transporte coletivo ou reabilite sua magrela.

4º COMPARTILHE SEU carro. “Pratique a carona solidária e diminua a emissão de poluentes, levando pessoas que fariam o mesmo trajeto separadamente”, recomenda o ambientalista Fabio Feldaman. Você vai se tornar o cara mais simpático da cidade.

5º TEM ATITUDE mais grosseira que tirar lata ou outros dejetos pela janela do carro? O castigo para essa gafe é garantido: os resíduos despejados na rua são arrastados pela chuva, entopem bueiros, chegam aos rios e represas, causam enchentes e prejudicam a qualidade da água que consumimos.

6º OS APARELHOS que ficam dias e noites em modo etandy by são mais uma nova invenção em nome de conforto. Só esqueceram de dizer que isso consome energia sem necessidade. Puxe a tomada de todos ele quando não estiverem em uso e tenha certeza: o valor de sua conta de luz vai cair bastante.

7º NA HORA de comprar eletrodomésticos, escolha os mais eficientes. É possível reconhece-los pelo selo do Procel (nas marcas nacionais) ou Energy Star (nos importado). Detalhe: isso não custa nada.

8º VIVA SEU dia com luz natural. Abra janelas, cortinas, persianas, deixem o sol entrar e iluminar sua casa em vez de acender lâmpadas. Além de fazer muito bem ao seu humor, você também vai economizar dinheiro no fim do mês.

9º MUDE SUA geladeira e seu freezer de lugar. Ao coloca-los próximos do fogão e de áreas onde bate sol, eles utilizam muito mais energia para compensar o ganho de temperatura. Aproveite para avaliar com seus botões: será que você precisa mesmo de um freezer?

10º UMA IDEIA luminosa é trocar as lâmpadas incandescentes do banheiro, da cozinha, da lavanderia ou de garagens pelas fluorescentes. O motivo é para lá de convincente: elas duram até 10 vezes mais, são mais eficientes e economizam até um terço de energia elétrica.

11º PENDURE AS roupas no varal em vez de usar secadora. Recorre a ela apenas em casos mais urgentes. E aquele truque de colocar panos e roupas para secar atrás de geladeira deve ser abolido, pois consome energia extra.

12º NÃO HÁ nada mais fora de que usar a mangueira de água para varrer a calçada, a chamada “vassourinha hidráulica”. Em 15 minutos, 280 litros de água escorrem para o ralo inutilmente. Espante a preguiça, pegue a vassoura, junte a sujeira, recolha com pá e só depois enxágüe o chão.

13º O QUE há de errado em tomar água “torneiral”? Saiba que ela é bem tratada antes de chegar a sua casa. Então instale um purificador na torneira e se esqueça dos incômodos garrafões. O consumo de água engarrafada envolve o transporte em veículos a diesel. É preciso dizer mais?

14º MUITI LUXO produz muito lixo. Pense de sair comprando tudo o que aparecer pela frente. Com essa atitude você vai fazer a diferença, combatendo o desperdício, diminuindo a montanha de embalagens descartadas e, de quebra, espantando dividas.

15º LEVE O campo para dentro de sua casa ou apartamento em plena cidade grande: cultive uma pequena horta em vasos ou mesmo num cantinho do quintal. Além da higiene mental, você colhera ervas, condimentos e hortaliças frescas diretamente da terra.

16° NÃO ASFIXE suas plantinhas com adubos químicos. Restos de alimento que você despeja na lixeira são bons fertilizantes orgânicos. Parece incrível, mais espalhar casca de ovo, de fruta e de legumes, pó de café, saquinho de chá e pão velho nos vasos ajuda a deixar as plantas mais fortes e bonitas.

17º SOFRER EM engarrafamento para ir banco e depois testar a paciência numa fila interminável são coisas do passado. Faça uso da tecnologia, colocando em dia todas as suas transações financeiras pela internet, sem sair do conforto de casa.

18º QUE TAL fazer compras caminhando até o mercadinho perto de sua casa ou divertir-se indo à feira a pé toda semana? Vá lá pode ser que um ou outro produto esteja um pouco mais caro que naquele hipermercado de sua preferência. Mas pense na economia de combustível e de paciência que você procurar vaga no estacionamento lotado.

19º PREFIRA CONSUMIR produtos locais e de estação. Eles não precisam ser transportados de longa distancia e, por isso, a emissão de carbono e de poluição é mínima. Saiba que a última moda nos melhores restaurantes da Itália “é o cardápio 0 km”. Eles servem apenas pratos feitos com ingredientes provenientes de produtores de vizinhança.

20º PARE E pense bem antes de descartar todas aqueles objetos que já não interessam mais a você. Que tal doa-los a alguma entidade assistencial? Pode ter certeza: esse material que está apenas ocupando espaço em sua casa certamente será útil para muita gente.

21º “AO FAZER compras, leve sua própria sacola, de preferência as de pano resistente”, aconselha o presidente do Instituto Ethos, Ricardo Yong. Com esse gesto simples, você deixara de participar da farra das sacolinhas plásticas, que entopem cada vez mais os lixões das grandes cidades.

22º LUTE PARA que a companhia aonde você trabalhe adote atitudes mais sustentáveis. Pressione para que a direção da empresa tome medidas de economia de energia elétrica, água e matérias de consumo. Bem, se você não conseguir mudar nada, pense seriamente em mudar de emprego. Afinal de contas, você precisa de chefe para ser bom cidadão.

23º AS QUANTAS reuniões rápidas você já deve teve de ri depois de enfrentar horas no transito para ir e voltar? A vezes é possível resolver isso por telefone ou em programas de comunicação on-line de seu próprio computador.

24º SE TIVER chance, prefira um notebook. Ele consome menos energia que um computador de mês.

25º PREFIRA O papel ecoeficiente ou o reciclado. A produção do ecoeficiente usa de madeira racional os recursos da natureza. Tem como material-prima o eucalipto plantando para essa finalidade e que todos conhecem, enfrenta processo de branqueamento. O papel ecoeficiente é feito de fibra de arvores manejadas de forma sustentável, evitando o impacto negativo no meio ambiente.

26º JÁ PREPAROU na quantidade de copos de plásticos jogados no lixo no fim do expediente? Mude isso: traga de casa sua própria caneca ou uma garrafinha para água. Você ditara moda entre os colegas e será invejado pelos tolos.

27º ESQUEÇA-SE DO elevador e use mais a escada se tiver de subir ou descer um ou dois andares. Afinal, alem de economia de energia elétrica, tanto esforço pode resultar em um corpinho mais saudável.

28º FAÇA SEU dinheiro trabalhar a favor de causar nobres. Diga ao gerente do banco que você quer aplicar em Investimentos Socialmente Responsáveis, os ISRs. Dessa forma, seus lucros virão de empresas que respeitam praticam ambientais e trabalhistas.

29º EXERÇA A cidadania. A internet e o telefone são bons canais de comunicação com representantes de sua cidade, seu estado ou pais. Mobilize-se e certifique-se de que seus interesses e os da comunidade sejam atendidos.

30º “PLANTE UMA árvore. Ela pode absorver até 01 tonelada de CO2 durante sua vida e é bom abrigo a aves”, ensina Xico Graziano, secretário do Meio Ambiente do Estado de São Paulo. Se você é daqueles que não gostam de sujar as mãos, ao menos inscreva-se em programas de plantio pela Internet, como o Clickarvore.

31º CONCIENTIZE SEUS filhos dos problemas com o aquecimento global sem fazer terrorismo. A idéia não é deixá-los sem esperanças, mas bem informados e dispostos a cuidar melhor do planeta que as gerações passadas.

32º CONVENÇA AQUELE amigo, parente ou vizinho mais cético de que as atitudes aqui sugeridas podem ajudar o mundo para melhor. Se você é o cético, comece a convencer-se disso. Afinal, alguém tem de fazer alguma coisa para reverter esse jogo favor da sustentabilidade.

33º PASSE ADIANTE este manual. Discuta-o com os amigos, vizinhos, o pessoal do prédio. Disseminar as praticas aqui sugeridas é um uma atitude sustentável. Depois de lido e discutido, recicle a revista. Ou faça origamis, calço de mesa. Aproveite o embalo para ajudar uma ONG. Melhor: invente sua própria ONG e cobre ações de seus representantes. O futuro a gente faz agora.