alimentação

warning: Creating default object from empty value in /home/ademirguerreiro/ademirguerreiro.net/modules/taxonomy/taxonomy.pages.inc on line 34.

Aves

Glândulas de Sal

Todas as aves que vivem no mar enfrentam o problema da falta de água doce, e têm, acima de cada olho, uma glândula de sal situada numa concavidade do crânio. Esta glândula retira cloreto de sódio do sangue que passa por ela e despeja a solução concentrada deste sal pelas narinas, as patas são palmadas, com membranas entre os três dedos anteriores, sendo que a forma e a posição das patas refletem as funções de natação e nas manobras da decolagem e do pouso na água, em terra firme são tipicamente vistos com os tarsos e a barriga no chão, e caminham com dificuldade, a plumagem é espessa, em função das condições frias, a abundante secreção de óleo pela glândula uropigial impermeabiliza a plumagem, sendo responsável pelo cheiro típico destas aves.

Cada espécie de ave realiza várias atividades, sendo cada uma delas a sua maneira, estas características especiais ou modificações são chamadas adaptações.

Alimentação

As aves possuem muitas maneiras diferentes de coletar e obter o alimento que elas necessitam, sendo que os Martim – pescador captura peixes com seu bico, enquanto um gavião captura a presa com suas afiadas garras, as aves devem limpar e estirar suas penas regularmente da mesma forma que os humanos lavam seu corpo, este comportamento de limpeza das penas é feito com o bico. O formato do bico reflete os hábitos das espécies, nas granívoras, o bico geralmente é forte e cônico e afila-se bruscamente, isto facilita não só apanhar o alimento, como também o descascar de sementes. As aves que se alimentam de carne, têm o bico curvo nas extremidades para rasgar o alimento em pedaços.
As Garças possuem pés largos e dedos adaptados para andar em águas rasas e lodosas, onde captura peixes e rãs com seu bico comprido e pontiagudo. Os patos e marrecas possuem dedos conectados por membranas, para facilitar a captura de insetos e o bico são laminados usados para filtrar alimento da água. Os pés dos pica – paus estão adaptados para subir e descer troncos de árvores usa seu forte e pontudo bico para perfurar buracos em árvores em busca de insetos. O bico delgado e estreito dos beija – flores é um perfeito tubo contendo uma língua comprida, usando-a para sugar o néctar e capturar pequenos insetos que encontra nas flores. Os psittacideos possuem o bico forte que lhes permitem desgarrar frutos e romper sementes duras.

Comunicação

As aves se comunicam com indivíduos da mesma espécie ou com outras espécies através de suas vozes, o canto pode ser muito útil para atrair um companheiro ou para defender seu território, as aves podem emitir sons especiais que podem servir como preventivo ou sinal de alarme quando tem predadores pôr perto, cada espécies emite uma voz diferente e, assim, o canto é uma das características para identificação da ave.

Locomoção

O vôo das aves também é uma perfeita adaptação adquirida durante o processo evolutivo e obedece a alguns princípios biofísicos, as asas largas e estreitas dos papa – moscas são adaptadas para vôos rápidos que requerem agilidade, já que capturam insetos em pleno ar e, geralmente retornam ao mesmo local. As pombas e papagaios possuem um vôo rápido com fortes batidas de asas, chamado vôo batido, os urubus têm um tipo de vôo diferente o chamado Vôo planado, no qual a ave precisa Ter um impulso inicial e aproveita correntes de ar, sendo assim os urubus possuem as asas largas e arredondadas e o vôo é lento. Os andorinhões executam vôos rápidos e suas asas são estreitas e pontudas, o outro tipo de vôo é o denominado pairado, onde a maior parte da asa é a mão. Este tipo de vôo, realizado pelo Beija – flores caracterizam-se pôr movimentos helicoidais.

Projeto REAMAR: Pesca

Saíamos de barco para pescar e pegar doação de peixes de descarte por parte dos pescadores, para alimentar os pinguins e lobos marinhos.

Projeto de Reabilitação de animais marinhos

Puxando as redes para retirar os peixes.

Esse material pescado foi utilizado para alimentar os animais do centro de reabilitação na Ilha do Cardoso.

Divulgar conteúdo